Dr. Paulo Casali - Logo

Blog

Cannabis Medicinal pode ajudar no tratamento de dor crônica?

Tempo de Leitura: 2 min.
Data de Publicação: 27/02/2024
Sumário

A Cannabis medicinal pode ser utilizada em diversos tratamentos. É uma opção terapêutica, cujo componente principal é o canabidiol (CBD). Essa substância é responsável por regular o sistema nervoso e imunológico, mantendo-os ativos. Geralmente, é indicada quando o indivíduo realizou outro tipo de tratamento e não obteve um resultado eficaz. Pode ser utilizada para reduzir a depressão, ansiedade, problemas neurológicos e controlar a dor crônica, com efeito analgésico. 

Você já deve ter ouvido falar em Cannabis medicinal, mas talvez não saiba o quanto essa abordagem pode ser benéfica para a saúde. Composta por tetrahidrocanabinol (THC) e canabidiol (CBD), ela pode ser utilizada em diversos tratamentos.

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o seu uso e a possibilidade de tratar problemas como a dor crônica. Acompanhe!

Qual a função da Cannabis medicinal?

Cannabis medicinal é uma opção terapêutica, cujo componente principal é o canabidiol (CBD). Essa substância é responsável por regular o sistema nervoso e imunológico, mantendo-os ativos.

Apesar de seu uso ainda ser bastante discutido, é um tratamento indicado principalmente para pessoas na terceira idade

Vale lembrar que, em 2014, o efeito positivo da Cannabis medicinal foi reconhecido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Benefícios da Cannabis medicinal

Geralmente, a Cannabis medicinal é indicada quando o indivíduo realizou outro tipo de tratamento e não obteve um resultado eficaz ou surgiram efeitos colaterais. 

Um dos seus principais benefícios é a redução da ansiedade e depressão. Por conter CBD, a Cannabis medicinal age de maneira positiva no tratamento de ambas as doenças. 

A eficácia desse tratamento também é comprovada em pacientes que apresentam quadros de epilepsia, esclerose múltipla, doença de Parkinson, entre outros problemas neurológicos. 

Além de auxiliar no controle de distúrbios do sono, reduzindo as chances de insônia que, na maioria das vezes, também ocorre em idosos. 

Cannabis medicinal pode controlar a dor crônica? 

A resposta é sim, ela também ajuda a aliviar a dor crônica, que pode surgir por conta de lesões ou inflamações no tecido, disfunção no nervo ou distúrbios somáticos, como hérnias de disco ou cefaléia.

Também pode ser definida como uma dor recorrente ou contínua, que não desaparece mesmo com tratamentos convencionais e faz com que o indivíduo perca sua capacidade de realizar tarefas.

Isto significa que o uso de analgésicos comuns, que funcionam muito bem em quadros agudos, não ajudam em casos crônicos

É nesse momento que a Cannabis medicinal pode auxiliar no tratamento, uma vez que, segundo os estudos mais recentes, tem se mostrado um ótimo recurso terapêutico e eficiente no controle da dor crônica, promovendo um efeito analgésico e anti-inflamatório.

Sua dúvida foi esclarecida? Comente abaixo! E se você tem sinais de dor crônica, consulte o médico imediatamente!

Dr. Paulo Casali
DR. PAULO CASALI
CRM: 76648 
RQE: 15487

Meu nome é Paulo Antonio Casali, sou médico Geriatra e Nutrólogo com mais de 30 anos de experiência.

Meu foco é na prevenção com uma visão holística e Integrativa para um envelhecimento digno e bem sucedido.

Sou prescritor de cannabis medicinal, homeopatia, fitoterapia e prática ortomolecular.

Será um prazer atendê-lo e oferecer a você o melhor que a medicina pode proporcionar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende 
sua consulta

magnifiercross