Dr. Paulo Casali - Logo

Blog

O que pode causar a insuficiência cardíaca na terceira idade?

Tempo de Leitura: 2 min.
Data de Publicação: 07/06/2023
Sumário

A insuficiência cardíaca é uma doença que torna o coração incapaz de bombear a quantidade certa de sangue para o corpo todo. É uma condição grave, muito comum em idosos. Geralmente, ocorre como consequência de outra patologia que já interfere na saúde e funcionamento do coração. Um dos principais sintomas é o cansaço progressivo. Mudanças no estilo de vida também são fundamentais para que o tratamento tenha o efeito esperado. 

A insuficiência cardíaca é uma doença que torna o coração incapaz de bombear a quantidade certa de sangue para o corpo todo. É uma condição grave que, mesmo acometendo homens e mulheres de qualquer faixa etária e até crianças, é muito comum em idosos.

Mas afinal, quais são as causas da insuficiência cardíaca na terceira idade? Vamos responder essa pergunta no post de hoje. Acompanhe a seguir!

Como ocorre a insuficiência cardíaca?

Em geral, a insuficiência cardíaca ocorre como consequência de outra patologia que já interfere na saúde e funcionamento do coração, bem como no transporte de oxigênio para o corpo. Como exemplo, podemos citar:

  • Miocardites;
  • Doença de Chagas;
  • Endocardites;
  • Doença coronariana;
  • Arritmias cardíacas, entre outros problemas.

Conforme dissemos, essa é uma doença muito comum em indivíduos na terceira idade, mais precisamente acima dos 65 anos, quando os casos de hipertensão arterial acabam sendo mais frequentes.

Quais os sintomas de insuficiência cardíaca?

Um dos principais sintomas de alerta de insuficiência cardíaca é o cansaço progressivo, mesmo após um mínimo esforço. Além deste sinal, também podemos destacar:

  • Dor ou desconforto no peito;
  • Falta de ar;
  • Tosse em excesso durante a noite;
  • Inchaço nas pernas;
  • Palpitação;
  • Calafrios;
  • Palidez. 

Como tratar a insuficiência cardíaca? 

Não existe cura para a doença, porém, ela pode ser controlada com a realização do tratamento adequado.

Sendo assim, após o diagnóstico, é recomendado ao paciente o uso de medicamentos para amenizar os sintomas, algo que também poderá ajudar no curso normal da doença

Mudanças no estilo de vida também são fundamentais para que o tratamento tenha o efeito esperado. 

É necessário diminuir o consumo de sal, líquidos, evitar o tabagismo e diminuir bebidas alcoólicas, além de realizar exercícios físicos regularmente, como hidroginástica, caminhadas, entre outros.

Somente em casos específicos ou que apresentam gravidade, pode ser indicado o tratamento cirúrgico e até mesmo, transplante cardíaco.

Lembre-se que o diagnóstico precoce é importante para evitar maiores complicações. Consulte o seu médico! 

Possui outras dúvidas sobre o assunto? Deixe um comentário e compartilhe o conteúdo de hoje! 

Dr. Paulo Casali
DR. PAULO CASALI
CRM: 76648 
RQE: 15487

Meu nome é Paulo Antonio Casali, sou médico Geriatra e Nutrólogo com mais de 30 anos de experiência.

Meu foco é na prevenção com uma visão holística e Integrativa para um envelhecimento digno e bem sucedido.

Sou prescritor de cannabis medicinal, homeopatia, fitoterapia e prática ortomolecular.

Será um prazer atendê-lo e oferecer a você o melhor que a medicina pode proporcionar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende 
sua consulta

magnifiercross